Atualizada às 10:40 de 6/04/2019 A superlotação na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) mais uma vez é alvo de Ação Civil Pública na Capital. A lotação com 300% acima da capacidade da unidade levou o Ministério Público Estadual (MPE) a requerer junto a Justiça a interdição parcial do Núcleo de Custodia e da CPPP nesta quinta-feira, 4.  Segundo o MPE, a ação aind...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários