Notícias

Demóstenes Torres entra com reclamação no STF para voltar ao Senado

Defesa do ex-senador entrou com reclamação no Supremo Tribunal Federal para a anulação do processo de cassação, ocorrido em 2012

Wildes Barbosa
Demóstenes Torres

A defesa do ex-senador Demóstenes Torres (PTB) entrou com reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quinta-feira (1º), para a anulação do processo de cassação, ocorrido em 2012. O advogado aguardava, até quarta-feira (28), resposta ao pedido protocolado no ano passado, mas não obteve retorno. Se a reclamação for atendida, Demóstenes poderá voltar a disputar as próximas eleições.

Newsletter O POPULAR - Receba no seu e-mail informação de confiança

* preenchimento obrigatório

O advogado Pedro Paulo de Medeiros, que faz parte da defesa do ex-senador, diz que, anulada a cassação, o petebista poderá se candidatar, desde que se licencie do Ministério Público de Goiás (MP-GO), onde é procurador de Justiça. “Como entrou no MP antes da Constituição de 1988, ele não precisa deixar o órgão em definitivo. Pode apenas pedir licença, mas tem que ser até 6 de abril”, diz o advogado.

Demóstenes Torres teve mandato cassado após ser acusado de favorecer o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Recém-filiado ao PTB, Demóstenes trabalha para ser candidato ao Senado na eleição de outubro.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ