O governador Marcelo Miranda foi condenado pela Justiça Federal por prática de improbidade administrativa praticado por desvio de dinheiro público através da contratação sem licitação da organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) Brasil para gerir hospitais estaduais. Também foram condenados os ex-secretários de saúde Henrique Furtado e Petrônio Bezerra Lola, além da própria Oscip e seu representante. A ação que resultou na condenação dos citados foi ajuizada pelo Ministério Público ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários