A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) ministra Carmen Lúcia negou ontem a solicitação da Prefeitura de Palmas que pedia a suspensão da decisão do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ-TO) que barrou o reajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município. Ainda em maio, a A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, havia opinado em favor da s...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários