O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu hoje por 30 dias a suspensão da cobrança pelo uso do estacionamento rotativo de Palmas. O prazo não suspende a decisão cautelar que suspendeu o contrato da concessionária com a Prefeitura de Palmas. Durante o prazo concedido o serviço precisa ser adequado aos apontamentos feitos no processo que culminou na decisão cautelar. O JTo ag...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários