Enquanto atendia a ocorrência sobre o assassinado do Cabo Rubim Lopes Monteiro, de 33 anos, que aconteceu na noite desta sexta-feira (22), a Polícia Militar (PM), recebeu a informação que uma pessoa teria dado entrada na UPA com ferimentos de disparos de arma de fogo. Assim identificaram que se tratava de um dos suspeitos de baleado o militar. Conforme a PM, o supo...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários