Após um pedido da Procuradoria dos Direitos do Cidadão (PFCD), a revista vexatória, aquela na qual se verifica as partes intimas de visitantes dos presídios e sistemas socioeducativos, foi proibida em todo País. O principal argumento que embasou a proibição é que existem equipamentos sofisticados e que são capazes de fazer uma revista bem mais eficiente e sem constrang...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários