Em dois dias, seis mulheres foram presas ao tentar entrar em duas unidades prisionais tocantinenses com substâncias análogas a maconha. Os flagrantes aconteceram na quarta-feira, 8, e nesta quinta-feira, 9, Casa de Prisão Provisória de Dianópolis e na de Palmas, respectivamente. Em cada unidade, os servidores da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) surpreenderam t...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários