Após a mãe de aluna de uma escola de tempo integral localizada no Setor Santa Fé procurar a Polícia Civil para denunciar supostas situações de importunação sexual por parte de um professor, a Secretaria Municipal da Educação (Semed) informou nesta sexta-feira, 31, que afastou o profissional pelo prazo de 30 dias. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e as denúncias ocorreram na última terça-feira, 28. Conforme o relato de uma...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários