A Polícia Civil recuperou na tarde de quarta-feira (20) cerca de R$ 50 mil em objetos furtados de uma residência em Araguaína, região norte do estado. Dois suspeitos, identificados pelas iniciais I.N.A, de 31 anos, e D.J.S, de 39 anos, foram apontados como receptadores dos itens furtados.

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o furto ocorreu na última sexta-feira (15). A vítima disse à Polícia Civil que, ao retornar à sua residência na manhã seguinte, encontrou o local vazio, sem móveis, eletrodomésticos, utensílios e outros pertences. 

Testemunhas informaram à polícia que, na noite anterior, haviam visto três homens realizando uma mudança completa, utilizando um caminhão.

"Recebemos informações de que os objetos desse roubo estariam em uma residência na Rua Tomás Batista, no Setor Rodoviário, mas quando chegamos ao local nos deparamos com a seguinte situação, os objetos que estavam na residência eram os mesmos furtados na última sexta-feira", afirmou o delegado Fellipe Crivelaro, por meio da assessoria.

A equipe contou com o apoio de um caminhão para realizar a apreensão de todos os móveis, eletrodomésticos e demais utensílios.

Ainda conforme informações da SSP, na delegacia, os dois suspeitos, que eram acusados de receptação, confessaram ser os responsáveis pelo furto. Mas, como não houve flagrante, foram liberados após o interrogatório. Eles responderão ao crime em liberdade.

As investigações foram conduzidas pela Divisão Antirroubos da Polícia Civil do Tocantins (DRR - Araguaína).