Uma Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público Estadual (MPE) em desfavor do município de Paranã visa obrigar a gestão municipal a realizar concurso público a fim de substituir 336 servidores que estão contratados irregularmente. De acordo com o órgão de fiscalização, a administração pública de Paranã conta com 283 servidores temporários e 58 comissionados f...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários