Uma caminhonete ficou presa entre uma árvore e a parede de um imóvel após bater em uma moto que estava estacionada em uma calçada. O acidente aconteceu na noite de domingo (24), na Avenida Siqueira Campos, Setor Novo Planalto, em Colinas do Tocantins, região noroeste noroeste do estado, segundo informou a Polícia Militar (PM). 

A PM informou que o condutor tem 26 anos e apresentava sinais de sonolência e princípio de convulsão. Ele foi encaminhado ao hospital e atendido pelo médico plantonista, que informou que o homem estava sem lesões, mas que ia permanecer em observação durante à noite. 

Conforme os bombeiros, o irmão da vítima relatou que o condutor voltava do velório da mãe, e estava com sobrecarga emocional e sem dormir.  

Ainda conforme a polícia, no hospital quando já estava consciente, o condutor disse aos militares que estava no velório de sua mãe e começou a sentir cólicas abdominais.

Neste  momento ele pegou o veículo para ir à farmácia comprar um medicamento e no caminho só se recorda que apagou na direção. 

Segundo a polícia, após o acidente ele teria voltado a seu estado de consciência e ficou sentado até a chegada da equipe médica.

A condutora da motocicleta envolvida no acidente contou aos policiais que tinha acabado de estacionar sua moto, e quando estava na calçada da porta da igreja, viu a caminhonete vindo em alta velocidade e colidiu com seu veículo. 

O proprietário de outro veículo envolvido no acidente  informou à equipe que estava na porta da casa de seus amigos e que em decorrência da primeira colisão, a motocicleta caiu e bateu no para-choque do seu veículo que estava estacionado antes da motocicleta.

Ele relatou ainda que retirou seu veículo do local do acidente devido a moto apresentar sinais de fumaça e ficou com receio que ela pegasse fogo e atingisse seu veículo.

O proprietário da residência atingida pela caminhonete não estava em casa no momento do ocorrido.

Os bombeiros romperam a trava do capô do veículo com o auxílio de uma ferramenta e cortaram os cabos da bateria para prevenir um incêndio, já que o veículo derramou combustível.

De acordo com a PM, a perícia técnica foi acionada e esteve no local. Os envolvidos foram orientados a procurar a Delegacia de Polícia Civil para registrar o fato.