Ademirde Pereira da Silva, de 52 anos, preso por suspeita de estupro e tortura foi encontrado morto nesta sexta-feira, 2, na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi. A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) confirmou a morte do suspeito e informou que as providências legais cabíveis e necessárias já estão sendo tomadas para apurar as causas da morte.  A...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários