Após a morte de três que estavam à espera de cirurgia cardíaca no Hospital e Maternidade Dona Regina, o Ministério Público Estadual (MPE) inspecionou a unidade e solicitou cópias de dos prontuários das crianças que faleceram devido à falta de assistência e a prestação de serviços.  O órgão também solicitou os prontuários dos recém-nascidos portadores de car...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários