O Ministério Público do Tocantins estabeleceu um prazo de 24 horas para que a BRK Ambiental esclareça sobre a interrupção repentina do abastecimento de água na cidade de Arraias, a 419 km da capital. O pedido veio por meio de um requerimento enviado à empresa nesta segunda-feira, 12. O documento cobra esclarecimentos da concessionária sobre a causa da interrupção do aba...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários