Mais uma categoria entrou em greve no Estado: a esfera judicial, que desde ontem está com os serviços parcialmente parados por tempo indeterminado. A reivindicação da categoria é quanto ao pagamento da data-base e as alterações no Plano de Cargo e Carreira (PCCR). Já o quadro geral, educação e saúde no Estado estão paralisados desde o dia 9 de agosto. Ontem houve reu...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários