Em recente decisão, o Tribunal Superior do Trabalho entendeu que o trabalhador só terá direito à estabilidade no emprego, em caso de depressão, caso a doença esteja relacionada com a função exercida.
 
A denominada "estabilidade provisória" é prevista no art. 118 da Lei 8.213/91. No caso, uma bancária foi demitida por conta da depressão, mas a Corte entendeu…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários