A inacreditável frase do título foi dita por um promotor durante uma sessão do Tribunal do Júri no Fórum de Feira de Santana, município localizado a 109 quilômetros de Salvador (BA) e dirigida à defensora pública Fernanda Morais, que diz ter se sentido “extremamente constrangida e pessoalmente ofendida por ser mulher. A minha irresignação dirigiu-se exclusivamente a uma fala que…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários