A Polícia Militar (PM) resgatou nesta quinta-feira, 22, por volta das 0h49 min, um jacaré de quase um metro no meio da Avenida Filadélfia, localizada no setor Dona Nelsa em Araguaína. 

Conforme a PM, um homem de 31 anos que trabalha em um estabelecimento comercial, informou que percebeu uma movimentação de pessoas na parte externa e, ao verificar o que estava acontecendo, viu um jacaré na via, bastante agressivo devido a movimentação de veículos e pessoas no local. 

Segundo o relatório dos militares, para a segurança dos populares e a integridade do animal silvestre, os policiais isolaram o local e retiraram o jacaré da via até a chegada dos bombeiros.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM), informou ainda que o animal foi colocado dentro de uma caixa de captura para destiná-lo ao seu habitat natural.

Jacaré-tinga (Caiman Crocodilus) 

O Caiman Crocodilus, mais conhecido como jacaré-tinga, é um réptil carnívoro que habita diferentes tipos de rios e lagos de água doce e não está em extinção. 

O biólogo Aluísio Vasconcelos de Carvalho explicou ao JTo que é comum encontrar esses animais circulando em áreas urbanas.  

“Como estamos em uma época de chuva, tem bastante alagamento e inunda tudo. Estes jacarés aproveitam esse período chuvoso para poder procurar alimento em outros locais, indo de um lugar para o outro”.

O especialista ainda ressalta que quando encontrar o animal dentro da residência, ou em qualquer outro local, não pode fazer a captura sozinho, e deve ser acionado Corpo de Bombeiro, o Naturatins, ou algum outro órgão municipal, para poder fazer a captura e contenção desse animal e soltar no local adequado.

De acordo com o biólogo, já tivemos alguns acidentes aqui no Tocantins, com pessoas tentando capturar estes animais e acabaram sendo atacados. 

“Isso acontece porque estes jacarés dão bote muito rápido e conseguem machucar bastante a pessoa, então não adianta, tem todo um procedimento e os equipamentos também adequados para a captura desses animais”.