A omissão governo do Estado  em relação à implementação da Política Nacional de Segurança de Barragens em Calumbi I, Calumbi II e Taboca, que integram o projeto de irrigação Rio Formoso é apontada em um Inquérito Civil Público feito pelo Ministério Público do Tocantins (MPE-TO) durante o mês de junho deste ano. A inspeção é parte do Mutirão de Sustentabilidade A...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários