O governo estadual apresentou a Medida Provisória (MP) que será editada para a regulamentação das jornadas de trabalho nas unidades de Saúde do Estado. Porém, a proposta de carga horária está abaixo da determinação da Justiça Federal, para que fosse seguida a portaria 247, editada pela própria Secretaria em 2018 e acima do que as categorias reivindicam, com base no P...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários