A Defensoria Pública do Estado do Tocantins ingressou na Justiça com pedido de  liberdade provisória a Gustavo Araujo da Silva, 18 anos, preso sob acusação de ter atirado  três vezses no prefeito de Novo Acordo, Elson Lino de Aguiar (MDB). O pedido foi solicitado nesta sexta-feira, 11, ao juiz de direito da vara criminal da cidade, localizada a 100 km de Palmas. Conforme o pedi...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários