Uma barreira volante da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) no posto fiscal da T0-050 apreendeu uma carga de 10 toneladas de semestre irregulares e o proprietário da carga multado em R$ 2,7 mil. As sementes de capim forrageira andropogon serão destruídas no aterro sanitário da Capital. A ação aconteceu nesta quinta-feira, 12, entre Palmas e Porto Nacional.

Segundo a Adapec, a carga saiu de Natividade com destino Arapoema. O condutor do veículo relatou apresentou uma nota fiscal do produto, entretanto, não tinha um termo de conformidade, documento exigido por lei para trânsito de sementes.

Quando os fiscais verificaram a carga descobriram que as sementes eram irregulares. Na carga, os sacos de sementes estavam sem informações obrigatórias por lei como, origem, pureza e validade.

O uso de sementes irregulares pode acarretar a disseminar pragas nas lavouras e causar grandes prejuízos aos produtores rurais e ao patrimônio fitossanitário do Estado.

Cuidados

“Com o período seco chegando ao fim, muitos produtores rurais buscam sementes de capim para plantar ou renovar suas pastagens, porém, antes de adquiri-las é importante observar a origem das sementes, exigir sempre a nota fiscal e o Termo de Conformidade do produto, onde consta a origem, lote, validade, entre outras informações importantes aos produtores,” explicou a gerente de Avaliação, Controle e Fiscalização Vegetal da Adapec, Lidiana Lira.