Uma tentativa de homicídio em Lagoa da Confusão, a 191 km de Palmas, resultou em duas prisões inusitadas, tanto do autor como da vítima, realizadas pela Polícia Civil (PC) em conjunto com a Polícia Militar (PM). O caso aconteceu nesta segunda-feira.

O delegado da cidade, Hismael Tranqueira, flagrou a briga entre os dois presos em uma avenida, enquanto dirigia pela cidade. Os dois homens corriam e um deles, que vinha atrás, proferia ameaças de morte ao primeiro. “Ao acompanhar aquele incidente, percebi que a suposta vítima possuía a camiseta manchada de sangue e o autor se encontrava de posse de uma arma branca análoga a uma faca”, afirma.

Conforme o delegado, ao se aproximar dos dois homens ele informou que ela policial e indicou que o suspeito deitasse no chão e largasse a arma branca, que usava para tentar atacar a vítima. Já na Delegacia de Polícia Civil (PC), o autor do crime, de 19 anos, informou que era parente da vítima e o desentendimento começou devido a um suposto roubo de equipamentos sonoros de sua propriedade, que tinha sido cometido pela vítima.

“Ao dar procedimento aos trabalhos de lavratura dos autos, identificamos que a vítima possuía mandado aberto em Colméia por furto”, informou o delegado. A vítima, de 33 anos, foi identificada como ‘Bufão’, e possuía passagem pela polícia por furto, além de regressão cautelar de regime. A Polícia também identificou que o autor também possui passagem pela polícia por receptação e deve responder por tentativa de homicídio qualificado.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Regional de Paraíso e ficará sob escolta policial até se restabelecer e ser levada ao sistema prisional do Estado. Já o autor foi encaminhado para a Cadeia Pública de Cristalândia.