Os servidores da Saúde do Estado decidiram hoje pela suspensão do movimento grevista até o dia 22 de fevereiro. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado do Tocantins (Sintras), a decisão foi tomada em assembleia com cerca de 200 profissionais, após a categoria avaliar os 53 dias de paralisação. Dos presentes, apenas 36 profissionais foram contra a suspensão da greve e um servidor se absteve de votar...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários