O médico anestesiologista Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira, que atua em Araguaína, Norte do Estado, informou, por meio de uma carta, que realizará uma greve de fome até que os salários dos especialistas, atrasado desde setembro do ano passado, sejam pagos. O protesto dele começou ontem após declaração do secretário de Estado da Saúde (Sesau), Marcos Musafir, de que...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários