Ildo Francisco de Viveiros, de 34 anos, foi preso pela Polícia Civil de Arapoema, município distante 371 km da Capital, por acusação de homicídio praticado no Maranhão. De acordo com informações da Polícia, Viveiros matou sua companheira, Vera Lúcia Crispim dos Santos, com golpes de foice enquanto ela dormia. Além do assassinato, o indivíduo é suspeito de tentar abusar d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários