A Polícia Federal (PF) prendeu preventivamente a pregoeira Dagna Martins da Cruz Sousa,  uma das investigadas da Operação Imhotep, após ter violado a prisão domiciliar que vinha cumprindo desde o início do mês de outubro quando Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União, deflagraram a operação que tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável p...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários