Entre os 18 atos assinados pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, 11, um deles proíbe o uso de termos como “vossa excelência” e “doutor” para se referir a autoridades da administração pública. No lugar, deve ser usado apenas “senhor” ou “senhora” como pronome de tratamento. Segundo material divulgado pelo Palácio do Planalto, o objetivo é “promover a desburocratização n...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários