A Justiça Federal determinou que a Polícia Federal (PF) devolva ao prefeito Carlos Amastha (PSB) os aparelhos eletrônicos e documentos apreendidos na Operação Nosotros, deflagrada em novembro do ano passado. A decisão é da desembargadora federal Mônica Sifuentes, dada na quarta-feira. A desembargadora argumenta que a PF já teve tempo suficiente para extração dos dados...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários