Lailton Costa

Ofício do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Estado (TCE) Severiano Costandrade protocolado nesta quinta-feira, 21, no gabinete do juiz Gil de Araújo Corrêa, da Vara de Execuções Fiscais e Saúde de Palmas, reconhece que o tribunal não possui condições técnicas para fiscalizar a compra de órteses, próteses e materiais especiais…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários