A Secretaria da Segurança Pública (SSP) impôs empecilhos administrativos para não liberar delegados tocantinenses para se especializarem na Nicarágua, que resta quase inútil a oferta de 4 vagas dadas pela Federação Nacional dos Delegados (Fendedpol) ao Sindicato dos Delegados de Polícia (Sindepol), para curso de capacitação de investigação para o combate à corrupção, lavagem de dinheiro e…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários