No mesmo dia em que o Sindicato dos Delegados Policiais (Sidepol) protocolou na Procuradoria-Geral de Justiça um pedido de providência sobre a remoção de todos os delegados de polícia que investigam atos de corrução no Tocantins, o promotor de Justiça Edson Azambuja declinou o pedido de investigação formulado pelo também promotor Mateus Ribeiro Reis, de Alvorada, pela abertura de investigação…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários