O servidor público Marcelo Lima de Moraes, 47 anos, primo do prefeito em exercício de Paraíso, Celso Moraes (MDB), pagou uma fiança de R$ 1,9 mil para deixar a prisão local, após ter sido flagrado usando máquinas da prefeitura em propriedade particular,  na quarta-feira, 29.  Segundo o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) estavam sendo usados um caminhão-caçamba e uma patrol…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários