Dez dias após o ex-prefeito de Guaraí Francisco Júlio (PSD) processar o município que administrou entre 16 setembro de 2014 a 31 de dezembro de 2016 para receber R$ 109 mil de férias, 13º salário e adicional de férias que ele alega não ter recebido, a prefeitura deu o troco ao ajuizar uma ação de improbidade com pedido de condenação à devolução de R$ 164 mil.

Sem repasse…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários