Em resposta à nota sobre a proatividade dos promotores de Justiça contra o Decreto nº 5.915/2019, editado pelo governador Mauro Carlesse (PHS) e os secretários Cristiano Sampaio (Segurança Pública) e Rolf Vidal (Casa Civil), para impor regras polêmicas à Polícia Civil, a Procuradoria Geral de Justiça disse à coluna que não se manteve inerte, como a Antena criticou.

As críticas…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários