Empossado como prefeito interino de Pugmil após decisão judicial, o presidente interino da Câmara Municipal Nazaré Amâncio (PPS) afirma que sua prioridade é conseguir recursos para construir uma ponte que liga o município, na região central do Estado ao município de  Porto Nacional, vizinho a Palmas, que abriga um terminal multimodal para escoamento agrícola.

“É uma das prioridades, porque é uma ponte antiga que precisa ser trocada com urgência porque é por onde é feito o escoamento de soja e muito usada por produtores rurais”, afirma Nazaré, que substitui o interino Dircineu Bolina (PSDB) após intensa guerra judicial desde que a ex-prefeita de Pugmil, Maria de Jesus Ribeiro Mendes (PPS) e seu vice, Elton Coelho (PTB), foram cassados em novembro de 2018 pela Justiça Eleitoral, por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos na campanha de 2016.

Orçamento e diagnóstico

O município tem  orçamento para 2019 de R$ 11,7 milhões aprovado dia 12 de novembro, ainda na gestão da prefeita cassada. O prefeito interino ainda vai se inteirar de como estão as finanças . “Vou reunir os secretários na segunda-feira e a assessoria jurídica e de contadores  para fazer um diagnóstico, então esse é o primeiro passo”, diz ele. Amâncio ressalta que para a construção da ponte será preciso de recurso externo ao município. “Vamos precisar do governo do estado e dos parlamentares, porque essa ponte é o que o município precisa de mais urgente”.

Disputadíssima

O Jornal do Tocantins informou, na quinta, 31, que o desembargador Marco Villas Boas reconsiderou uma decisão anterior que mantinha o tucano Dircineu prefeito interino desde o dia 1º de janeiro, quando ele deixou de ser presidente do Legislativo, mas havia conseguido decisão judicial provisória para seguir interino na Prefeitura. “A justiça foi feita, porque a competência para substituir prefeito e vice prefeito, em caso de vacância ou impedimento, e do presidente da câmara, ou seja, e de quem está no exercício da presidência atualmente”, avalia o advogado do novo interino, Fabrício Fonseca.

Posse

A posse de Amâncio ocorreu na noite de sexta-feira. Em tese, ele permanece no cargo até a realização de novas eleições suplementares, já determinadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO), mas suspensas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), ou até concluir o mandato tampão, em 2020.

Pugmil fica a 108 km de Palmas possui 2.659 hatitantes segundo o IBGE. O instituto aponta o PIB per capita local de R$ 20.558,95, o 30º entre os 139 municípios do Estado e o 5º da região central do Estado, com 13 municípios.