Em março, o vice-governador do Tocantins Wanderlei Barbosa recebeu vencimentos R$ 5,2 mil acima do que percebeu o governador Carlesse. Não é nenhuma ilegalidade, mas curiosidade. Por fazer aniversário no dia 12 de março, o vice-governador adiantou o 13º salário, no valor de R$ 11,5 mil. No Tocantins, o décimo é pago no mês do aniversário do servidor. Somados ao salário (R$ 15,4 mil) e tirado…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários