O promotor de Justiça Tarso Ribeiro, de Araguaína, ajuizou nesta segunda-feira, 21, uma ação para que a Justiça condene os ex-prefeitos de Araguaína, Valuar Barros (DEM) e Valderez Castelo Branco, deputada estadual pelo PP, a devolverem aos cofres municipais no valor total de R$ 2.960.428,28.

O dano é uma apuração do Centro de Apoio Operacional do Patrimônio Público e Criminal…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários