O promotor de Justiça Tarso Ribeiro, de Araguaína, ajuizou nesta segunda-feira, 21, uma ação para que a Justiça condene os ex-prefeitos de Araguaína, Valuar Barros (DEM) e Valderez Castelo Branco, deputada estadual pelo PP, a devolverem aos cofres municipais no valor total de R$ 2.960.428,28.

O dano é uma apuração do Centro de Apoio Operacional do Patrimônio Público e Criminal…

Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários