Dezenove dias após a promulgação do novo Estatuto da Polícia Civil já temos os primeiros alvos: dois delegados de polícia processados pela Lei 1.654 /2006 (estatuto antigo) e sanções baseadas na Lei nº 3.461/2019 (o Novo Estatuto dos Policiais Civis do Estado do Tocantins).

Os deltas são Wanderson Chaves de Queiroz  e Gregory Almeida Alves do Monte, lotados na Delegacia…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários