O secretário Edson Cabral (Administração) recebeu nesta quinta-feira, 22, a notificação da abertura do inquérito e a recomendação do promotor Edson Azambuja para suspender todo o edital no prazo de 72 horas e que em cinco dias anule os pontos considerados restritivos do edital de credenciamento.

Segundo Cabral a pasta vai seguir a recomendação e a assessoria jurídica da Secad e a…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários