Atualizada dia 31.8 às 17h03

O engenheiro Ronaldo Pereira Lima, responsável técnico da Max Serviços, empresa alvo da Operação ONGs de Papel, da Polícia Civil, que investiga desvio de recursos de emendas parlamentares por meio de empresas “laranjas” e o farmacêutico Iuri Vieira Aguiar, apontado como operador do esquema, estão presos preventivamente desde a quinta-feira,…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários