É comum as pessoas definirem metas e planos, e por isso, te pergunto: já traçou os seus?

Dentre alguns alvos para o ano, sem dúvida o desenvolvimento pessoal permite ampliar nossos horizontes para uma jornada de crescimento e para isso, uma rotina de estudos é indispensável para essa construção. “A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces”, disse o grande filósofo grego Aristóteles.

Se os estudos estiverem incluídos entre seus objetivos desse ano, este artigo é para você, que definiu objetivos específicos e mensuráveis para os estudos em 2024.

Aqui, iremos abordar dicas práticas relacionadas aos bons hábitos para os estudantes que objetivam comprometimento, e como consequência, o sucesso.

Não se preocupe caso esse plano não tenha conseguido sair do papel em outros anos, pois, provavelmente, o que te faltava eram os métodos os quais apresentaremos a seguir. Portanto, confira-os!

Hábitos para ajudar e aprimorar os estudos 

  • Introduza hábitos de organização em sua rotina

Um ambiente organizado transmite mais bem-estar e tranquilidade se comparado a um desorganizado, concorda? Porém, no que se refere aos estudos, a organização vai além de manter as coisas em seus devidos lugares. Nesse caso, igualmente se trata de: 

  • Estabelecer horários

Não estude em qualquer horário, quando “der na telha”, ou quando sobrar um tempo entre uma atividade ou outra. Tenha o estudo como um compromisso, uma prioridade.

Defina dias da semana e horários nos quais sente que tem mais concentração, foco e tranquilidade. Para algumas pessoas, esses momentos podem ser pela manhã, tarde ou noite, essa é uma questão individual.

Outro ponto importante: se não mora sozinho, por exemplo, escolha o horário com menos circulação de pessoas pela casa. O sossego auxilia (e muito) no foco e produtividade.

  • Programar-se por conteúdos e disciplinas

Nunca estude aleatoriamente, pois a falta de planejamento e estratégia atrapalha o desempenho e o aprendizado. Ao invés disso, opte por planejar a semana ou o mês de estudos, elencando disciplinas e conteúdos por dia, hora e método de estudo. Por exemplo: Segunda-feira: Das 10h às 11h30 - Administração (conteúdo: Logística) - Páginas 10 a 15 + Resumo. 

Para planejar eficientemente, uma boa estratégia é escolher entre 2 e 3 objetos de estudos em cada um destes meios:

- livro didático (principalmente para organizar a linha de tempo dos conteúdos);

- canal no Youtube sobre o assunto;

- sites e blogs referentes aos conteúdos. 

O ideal é que os estudos sigam a ordem acima, para um embasamento técnico reforçado e completo, antes das explicações mais didáticas dos vídeos e matérias online. 

  • Experimente a técnica Pomodoro

De nada adianta seguir todas as dicas acima, se, no momento da prática, não houver foco e concentração. Se essa é uma de suas dificuldades, experimente a técnica Pomodoro.

Basicamente, trata-se de um método de concentração que aumenta o foco e diminui a exaustão mental, e funciona de forma bem simples:

Estudar por 25 minutos → Descansar por 5 minutos → Após completar quatro ciclos de estudos, fazer uma pausa mais longa de 15 a 30 minutos e assim sucessivamente, até atingir sua meta.

  • Dica extra

Nesses momentos, fique longe de distrações, para não burlar os momentos de concentração total, ok? Então, coloque o celular em modo avião e mantenha-o em um local distante.

Músicas instrumentais também costumam ser eficientes quando o assunto é manter o foco, então, vale experimentá-las. Em streamings de músicas, assim como no próprio YouTube, há várias playlists de estudos. Encontre a que mais se identificar e aproveite! 

  • Invista em um cantinho de estudos

Ter um espaço somente para estudar é um incentivo a mais. Assim como comprar roupas e calçados aumenta o ânimo de ir a algum lugar, ter um cantinho com cadernos, canetas, post-its, planners e demais itens de papelaria, é muito mais convidativo do que estudar na mesa da cozinha, não é mesmo? 

Além disso, o conforto de uma mesa arrumada e uma cadeira apropriada contam bastante em termos de produtividade, atenção e dedicação. 

  • Reconheça suas habilidades e facilidades

Cada indivíduo é único, e isso não diz respeito às qualidades físicas e termos de preferências musicais ou alimentares, mas também às questões de aprendizagem. Nesse caso, para tornar os estudos mais eficientes, baseie-se nas respostas das seguintes perguntas:

- Em quais horários sou mais produtivo?;

- Como memorizo melhor? Lendo? Escrevendo? Por meio de imagens?;

- Quais são os métodos de estudos com os quais me identifico? Online? Livro físico? Vídeos?;

- Na escrita, prefiro resumos? textos longos? Digitar? Escrever em papel? 

A partir desse breve autoconhecimento, conseguirá seguir linhas de estudos mais eficientes, conforme suas preferências. Assim, tudo fluirá melhor. 

  • Crie resumos e mapas mentais

Resumos e mapas mentais são ferramentas que organizam conteúdos de maneira simplificada, embora muito eficaz. Elas auxiliam o estudante a se concentrar apenas naquilo que tem real valor e não em tópicos sem importância aos seus objetivos.

Além disso, o fato de estar construindo seu próprio material faz com que aprenda e memorize mais facilmente. Na internet existem muitas plataformas que estão facilitando o registro em mapas mentais, tornando a ferramenta ultra versátil para os estudos.

  • Descanse e cuide da sua saúde

Não subestime o valor do descanso. É ele um dos responsáveis pela regeneração do corpo, por fortalecer o sistema imunológico e por repor energia, evitando doenças e estresse, bem como ajudando a memória de curto e longo prazo.

Conforme Reivani Buscacio, coordenadora do curso de Psicologia da Universidade Veiga de Almeida (UVA), as atividades de lazer são fundamentais, pois o sistema cognitivo, para além do físico, igualmente necessita estar relaxado para o melhor funcionamento do corpo, do cérebro e da regulação das emoções. 

Conclusão 

As dicas de estudos vistas até aqui, são imprescindíveis para alcançar suas metas com sucesso e mais facilidade.

No entanto, como conselho final, considera-se importante encontrar fontes de motivação pessoal para manter o entusiasmo e o foco nos estudos, e entre elas, procurar cursos online com certificado de temas que realmente te interessam. A internet pode, sim, ser uma distração negativa para a aprendizagem, mas com os cursos online certos, a tecnologia trabalhará a seu favor, e não o contrário.

Estudar nem sempre será fácil, e algumas dificuldades poderão surgir ao longo do caminho, mas o interesse e o brilho nos olhos são motivadores que te farão não desistir no primeiro obstáculo. 

Danillo Cássio é formado em marketing e desenvolve projetos como analista de link building na SEO Marketing Brasil

Quer ter seu artigo ou crônica publicado no Jornal do Tocantins? Envie para o e-mail: contato@jornaldotocantins.com.br