Sou do tempo em que nas minhas férias de julho tínhamos brincadeiras simples, como jogar futebol, basquete, peteca, handebol, tênis, nadar, jogar banco imobiliário, cartas, ludo, jogar queimada e em especial no mês de julho ir para fazenda no município de Trindade/Goiás, correr nos campos e cerrados e nas estações próprias, catar pequi, pegar caju, comer ingá, pescar e até arapucas armar…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários