Supostas irregularidades em contratos de locação de veículos, de shows, de serviços de consultoria e de servidores comissionados que trabalharam em período eleitoral no município de Nova Olinda, a 310 km da Capital, fizeram com que a Justiça, após pedido do Ministério Público do Estado (MPE-TO), determinasse o afastamento do prefeito José Pedro Sobrinho (PTB). Em limina...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários