Notícias

Fachin nega a Geddel pedido para saber quem denunciou 'bunker' dos R$ 51 mi

Fotos Públicas / Divulgação
Geddel Vieira Lima

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou o pedido da defesa de Geddel Vieira Lima para ter acesso ao número telefônico da fonte que denunciou à polícia o "bunker" com R$ 51 milhões, em Salvador. O indeferimento por parte do ministro foi feito na última quarta-feira, 13, e publicado nesta sexta-feira, 15, no sistema da Corte.

A solicitação do ex-ministro foi feita no início de novembro. Na petição, Geddel ainda requisitava a identidade do agente policial que recebeu o contato, fato que teria ocorrido em julho deste ano.

Fachin, ao negar o pedido, afirmou que suas atribuições, nesta fase de investigação, são limitadas à supervisão dos atos investigativos e "à deliberação acerca das medidas que exigem decisão judicial".

Para o ministro, a análise sobre a pertinência destes pedidos deve ser submetida a autoridade policial, que cuida da atual fase do inquérito.
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ