Notícias

Doze meninos e o técnico presos em caverna da Tailândia recebem alta médica

Esta é a primeira vez que os 'Javalis Selvagens' aparecem publicamente após serem resgatados

Soe Zeya Tun/Reuters
Meninos que foram resgatados da caverna fazem saudação o chegar para coletiva de imprensa

Os 12 meninos do time de futebol “Javalis Selvagens”, com idades entre11 a 16 anos, e o técnico 25 anos, que ficaram presos em uma caverna, por mais de duas semanas, em Tham Luang, na Tailândia, receberam alta médica na manhã desta quarta-feira, 18. Eles passaram os últimos dias internados em Chiang Rai isolados. Além disso, eles foram submetidos a uma série de exames.

As vítimas falaram em entrevista coletiva para jornalistas do mundo inteiro sobre o medo, a fome e a alegria de encontrar os mergulhadores britânicos durante as duas semanas em que ficaram presos no local. Conforme o Portal de Notícias G1, eles contaram que tentaram escavar para achar uma saída.
 
O G1 divulgou que, a primeira aparição pública, o grupo relatou como sobreviveu ao resgate dramático que mobilizou mais de mil pessoas na província de Chiang Rai. Os meninos e o técnico também realizaram uma homenagem ao mergulhador Saman Kunan, que não resistiu ao salvamento e faleceu antes durante as operações de resgate.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ