Além de buscar sinais de vida extraterrestre, o maior e mais sensível radiotelescópio no mundo buscará planetas extrassolares (exoplanetas) que tiverem campo magnético similar ao da Terra e estiverem a até 100 anos-luz dela. Astrônomos de países como China e França publicaram recentemente um plano ambicioso de observação usando o Radiotelescópio de Abertura Esféri...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários