A jovem apresentadora americana e editora da revista digital “The Federalist” Bray Payton, famosa por se posicionar contra à vacinação em redes de televisão dos Estados Unidos, morreu no dia 28 de dezembro na Califórnia, nos EUA, de gripe H1N1, também conhecida como gripe suína, agravada por uma meningite, segundo o jornal El Pais. O curioso é que as doenças poderiam ter sido evitadas po...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários