Hoje é o último dia de apresentação da curta temporada do coletivo Agulha Cenas com o espetáculo No Ciclo Eterno das Mudáveis Coisas, um solo de dança contemporânea com textos de Fernando Pessoa. No espetáculo, uma mulher, apreensiva, espera pela chuva, apenas para ser surpreendida por sua beleza e efemeridade. Antes que, inevitavelmente, volte a chover, ...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários